Buscar
  • Gisele Miranda

Mito da super mulher: achar que tem que dar conta de tudo

Atualizado: 29 de mar. de 2021


Bem, conseguir tempo para você e seus filhos, para uma carreira de sucesso, uma casa limpa e outras coisas mais.

Acabam sendo um dos muitos os pré-requisitos que se encontram no mito da super mulher.

Diante da relevância do tema, elaboramos este artigo para entender o que é o mito da super mulher e alguns outros elementos que rodeiam ele.

Continue com a leitura e aprofunde seus conhecimentos!



Afinal, o que é o mito da super mulher?

É possível para as mulheres reconciliar a vida familiar, carreira profissional e todos seus sonos sem cair na mediocridade?

Não.

Bem, esta pergunta está intimamente ligada ao mito da super mulher, ou seja, mulher que pensa que pode desempenhar vários papéis ao mesmo tempo sem afetar as bases da deficiência.

E bem, sabemos que isso era impossível, mas também erramos, fingindo conciliar todos esses papéis que nós atribuímos (ou proporcionamos), só assim poderemos transmitir a imagem da mulher vencedora.

Veja também: O que é coaching e como pode te ajudar?


Dicas para sair do mito da super mulher


1.Percepção fiel sobre si

O método de aprender a lidar com a inocência começa de um novo ponto de partida, e o ponto de partida é uma percepção fiel de si mesmo.

O primeiro passo é reconhecer seu valor, eu mereço e posso fazer isso.

É preciso se afirmar e se conhecer assim todos os dias


2.Seja prioridade

Busque ter tempo para entrar em contato todos os dias e marcar o calendário como uma prioridade.

Não há regras: pode ser uma hora de exercícios, um passeio no shopping, terapia, meditação e análise.

O importante é se olhar com amor!

Trata-se de me reservar um espaço sem esposa, mãe ou filha.

Ninguém perguntou onde estavam o açúcar ou os sapatos.

Além disso, você deve ter seu próprio local para criar esta rotina.

Aliás, você vai caminhar meia hora pela rua para pensar, respirar e entender o seu espaço.

Logo, é hora de ignorar muitas as vezes todas as cobranças.

Veja também: Entenda de uma vez como ter equilíbrio entre família e trabalho


3.Aprenda a impor limites

Falar “não” aos outros, ou até a si mesmo, é uma forma de evitar o desperdício e exercitar as escolhas prioritárias.

Você não tem tempo de ir ao supermercado?

Bem, você pode pedir comida por meio de entrega.

Você não pode ir à academia três vezes por semana?

Sem problemas, pode ser necessário checar a frequência dos exercícios para atender a rotina.

As autoacusações nossas continuam a evoluir e a causar preocupação e internalização.

Assim, você pode esquecer, pode adiar coisas, pode cometer erros.

Esta é a força de uma mulher e não há espaço para flexibilidade. Isso não é apenas um esquecimento, mas: "Não posso".


4.Tenha em mente que o controle é apenas uma ilusão

Pesquisas identificaram o fenômeno da "ilusão de controle", que envolve uma tendência de que devemos pensar que podemos controlar ou de alguma forma influenciar o resultado de nossa impotência.

É um tipo de pensamento mágico que continua acontecendo conosco.

Por exemplo, no momento em que pensamos que podemos garantir a segurança no trânsito com as mãos no volante.


5.Relaxar é viver

Uma mulher que acha que tem quer dar conta de tudo, está sempre em busca do que acha perfeito, como se procurasse um tesouro perdido, mesmo que nunca possa alcançá-lo.

Ele é um especialista cauteloso e não desvia o olhar do alvo, pois acredita que um cochilo é suficiente para machucar tudo.

Logo, uma que mulher que está encaixada no mito da super mulher pensa que é o único que sabe lidar com tudo, porque está sempre sob vigilância e sofrerá um desgaste constante.

Por isso antes de considerar o controle de tudo como um obstáculo ao nosso progresso futuro, é importante lembrar seu uso.

Temos que lidar com muitos eventos que inundam nosso tempo, mas temos que evitar a rigidez para vivermos melhor.

Portanto, precisamos controlar nossas vidas e assuntos, mas esse controle não tem que ser feito com exagero a ponto de afetar nossa saúde e relacionamentos.

E aí, achou bacana este conteúdo? Deixe seu comentário, pois seu feedback é muito importante para nós!

Veja também: Não sabe como crescer na carreira profissional? Veja agora

23 visualizações0 comentário