Buscar
  • Gisele Miranda

Entenda agora o que é resiliência e como desenvolvê-la

Atualizado: 29 de mar. de 2021



A força para enfrentar as adversidades da vida, para reagir com flexibilidade, para se recuperar do sofrimento é chamada de resiliência e caracteriza cada um de nós. Por isso, a resiliência é o que salva os nossos dias e este momento difícil que vivemos e nos faz olhar para o futuro, acreditando na possibilidade de construir, reconstruir e redesenhar a nossa vida.

Neste sentido, preparamos este artigo, para você saber o necessário sobre a resiliência.

Continue conosco para conferir tudo isso em detalhes!


O que é resiliência? Em psicologia, o termo resiliência indica "a capacidade de reagir diante do trauma, dificuldade" Pode o homem como metal dobrar sem quebrar?

Sim, se usar resiliência. Os psicólogos tomaram emprestado esse termo para indicar no ser humano a capacidade de reagir positivamente aos eventos traumáticos, de reorganizar sua vida diante das dificuldades.

Isso também vai reconstruir-se você enquanto permanece sensível e alerta para as oportunidades positivas que a vida oferece, sem alienar a própria identidade.

Veja também: Mito da super mulher: achar que tem que dar conta de tudo

Diferença entre resiliência e resistência Resiliência e resistência são termos assonantes com significado aparentemente semelhante, por isso podem ser facilmente confundidos. Vamos ver quais são as diferenças.

A resistência é a capacidade de uma pessoa resistir, opondo-se mas sem se adaptar a fatores particulares, de natureza negativa ou que em qualquer caso podem perturbar as condições normais.

Resiliência é algo mais: à resistência diante de um impacto, dano ou situação adversa, soma-se a capacidade de se autorreparar após esse evento crítico e difícil, reorganizando-se de forma positiva, produtiva e eficaz. Portanto, a resiliência enfrenta a adversidade e depois reconstrua, reorganize, "regenere" de forma positiva, apesar do problema que se aproxima e sugere que tudo pode ter um resultado negativo.



O que significa ser uma pessoa resiliente? Otimismo, flexibilidade e criatividade são qualidades fundamentais da pessoa resiliente que é capaz em circunstâncias adversas, às vezes contra todas as probabilidades, de enfrentar com eficácia as dificuldades e dar nova vida à sua existência.

As características de uma pessoa resiliente são:

· Introspecção: a capacidade de olhar para dentro, fazer as perguntas difíceis e ser capaz de dar a si mesmo respostas honestas.

· Independência: ser capaz de manter certa distância, física e emocional, dos problemas, sem, no entanto, se isolar.

· Interação: capacidade de estabelecer relações íntimas e satisfatórias com outras pessoas.

· Iniciativa: capacidade de enfrentar os problemas, compreendê-los e controlá-los. Criatividade: capacidade de gerar ordem, beleza e objetivos a partir do caos e da desordem.

· Felicidade: ter um espírito alegre nos dá a oportunidade de liberar tensões, relativizar e ver os aspectos positivos dos acontecimentos que nos atingem.

Veja também: O que é coaching e como pode te ajudar?


Veja algumas dicas para desenvolver a resiliência

Existem pessoas de caráter resiliente, outras que se tornam resilientes com o tempo, trabalhando consigo mesmas para adquirir essa habilidade preciosa.

Todos devemos ser educados, desde a infância, para enfrentar as adversidades e, se isso não aconteceu.

Por isso não devemos se desananimar e podemos tentar enfrentar a vida com resiliência.

1.Seja positivo

Sabemos que a vida nos sujeita a inúmeras provas difíceis.

Vamos aceitá-los com determinação e coragem, vamos fazer deles nosso desafio, vamos tentar ver a beleza do que eles podem nos oferecer e nos ensinar.

Em vez de chorar sobre o copo meio vazio, fique positivo com o copo meio cheio.

2.Reinvente-se

Quando acaba algo que foi importante para nós, seja na esfera privada ou empresarial, aceitar não é fácil.

Você tem que encontrar forças para deixá-lo para trás e aproveitar isso como uma oportunidade para se reiventar, dando a si mesmo uma nova chance.

Pegue um exemplo da natureza e lembre-se de que a primavera sempre retorna após o inverno.

3.Possua objetivos claros

O sábio Sêneca disse: “Não há vento favorável para o marinheiro que não sabe para onde ir”.

O fundamental é entender o que queremos da vida e como o podemos conseguir.

Logo, está amplamente comprovado que, de fato, não é preciso ser um gênio ou ter grandes talentos para realizar os sonhos e liderar, mas é preciso uma qualidade ainda mais que é possuir objetivos claros.


4.Ser fã de si mesmo

Ninguém nos conhece melhor do que nós mesmos e devemos ser os mais fervorosos defensores de nossas habilidades.

Quando você acredita em si mesmo, você se concentra em seus pontos fortes.

Portanto, isso é essencial para não perder o entusiasmo e a paixão e para não se desanimar com as críticas dos outros.

5.Mude sua maneira de pensar sobre o fracasso

Ter medo do fracasso pode nos bloquear e impedir que alcancemos o que queremos. Bem, vamos tentar considerar os erros como uma parte fundamental da nossa vida para tirar lições e, portanto, não ter medo dessa eventualidade.

Ora, o que realmente deveria nos assustar é nem tentar, esse é o único verdadeiro fracasso.

E aí, achou bacana este artigo sobre resiliência? Deixe seu comentário, pois seu feedback é muito importante para nós!

Veja também: Entenda de uma vez como ter equilíbrio entre família e trabalho.




19 visualizações0 comentário